+1 voto
Eu como médium recém iniciado na umbanda, vejo no desenvolvimento mediúnico uma maneira não só de desenvolver a nossa parte espiritual, abrindo nossos chácaras para passes mediúnicos mas também o desenvolvimento pessoal ,pois quando entramos em uma corrente mediúnico lá no começo de nossos primeiros dias no terreiro vemos o quanto imaturos estávamos e agora estamos amadurecendo como pessoa. É para vocês irmãos como vocês vem o processo de desenvolvimento mediúnico? e como foi para vocês esse processo?
por

3 Respostas

0 votos
Melhor resposta
O ideal seria entrarmos todos os dias no terreiro como se fosse o primeiro dia, entrarmos com a pureza do primeiro dia, com o respeito do primeiro dia, com a vontade do primeiro dia, iniciaríamos na umbanda todos os dias como sendo o nosso primeiro dia, sentiríamos o tremor nos olhos como no primeiro dia, respeitaríamos a todas as imagens a todas as entidades sem julgamentos como no primeiro dia, sorriríamos e nos sentiríamos realizados ao final da gira como no primeiro dia, ajudaríamos a deixar tudo em ordem com a vontade do primeiro dia, no final teríamos a vontade de chegar a próxima gira, assim teríamos sempre o sentimento que realmente existe dentro da nossa querida e linda Umbanda, sabermos que todos nos somos o primeiro, pois todos nós estaríamos na umbanda no seu primeiro dia, pois sabemos mas fingimos nos esquecer que este é o sentimento existente na criação da Umbanda
Precisamos passar a ter a vontade de aprender, mas aprender não para nos distanciarmos dos demais, não para termos mais evidência, precisamos aprender para podermos ensinar de modo certo mais e mais aqueles que sabem menos, para que possamos todos os dias entramos na Umbanda como no primeiro dia
por
0 votos
Olá irmãos,

Vídeo indicado para iniciantes: http://umbandaeucurto.com/noticias/video-para-mediuns-iniciantes/#.VGuApzTF-PY

Axé!
por (338 pontos)
0 votos
Está sendo um aprendizado novo, todos os dias. Inclusive quando não estou no terreiro.
Entendo que não é somente riscar ponto, falar a linha de trabalho, dar nomes...é fortalecer a corrente, o elo com o terreiro e o médium, justamente para que ao ser inserido no trabalho principal. A entidade possa realizar os trabalhos de maneira correta, e ainda elucidar ao médium e cambonos exatamente o que está realizando...o desenvolvimento mediúnico, como dito anteriormente. É um constante aprender e fortalecimento da fé. Eu sugiro a todos que estão nessa fase, comprarem um caderno e anotarem imagens que vem a cabeça, sonhos, sentimentos...Pois como somos novos no processo de comunicação com as entidades, geralmente temos dificuldades para interpretar as mensagens...Mas certamente depois a explicação chegará com detalhes e lhe fará compreender o porque de determinadas ações e pensamentos seus, assim como determinadas situações em sua vida.
por
519 perguntas
1,107 respostas
4,514 comentários
2,821 usuários