0 votos
Quais as circunstâncias que definitivamente isso não acontece e quando pode acontecer sem desrespeitar o fundamento.
por

3 Respostas

0 votos
Salve Amanda!

Bom eu acho que isso é um fundamento da casa que você frequenta em si, ele não é um fundamento umbandista no geral.

A gente sabe que a Umbanda quando foi confirmada pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas nem levava em seus rituais o som do tambor, eram apenas as vozes cantando e em alguns casos palmas cadenciadas. O tambor foi introduzido na Umbanda depois e veio com influência do Candomblé.

No Candomblé sim a mulher não pode tocar no couro, é uma missão destinada a homens a curimba, mas a Umbanda apesar de fazer uso de algumas coisas dos nossos irmãos africanistas, adéqua conforme sua própria egrégora e doutrina, ou seja, muitas vezes não segue exatamente como no Candomblé.

Se a Umbanda ao qual você faz parte tem uma influência mais forte por parte do Candomblé é possível que o/a dirigente use mais a risca esses fundamentos, o melhor é você pedir a ele qual o fundamento disso.

Na casa que frequento por exemplo não existe proibição de termos mulheres na curimba apesar de ser raro, em outra casa que fui visitar um dia os 3 tambores eram tocados por mulheres e muito bem diga-se de passagem. Acho que tendo o respeito de saudar o couro sempre na entrada e saída e tratar a curimba com a importância que ela tem não impede mulheres de usá-la, as vezes elas usarão ainda melhor que os homens em alguns casos!

Espero ter ajudado
Axé!
por (652 pontos)
0 votos
Olá Amandá...

Saudações Umbandistas !!!...

Tocar o couro ....tocar atabaque.....

A música é fundamental nas "giras" pois ajuda muito na concentração dos médiuns, quando são cantados os pontos ....

Para que a música seja benéfica é necessario que seja ritmada...e para marcar os ritmos alguns terreiros usam os "atabaques"...

Normalmente são 3 atabaques... Run, Runpi e Lé... O de som grave, o de som médio e o de som agudo...

Existem terreiros que não permitem as mulheres tocarem  nos atabaques.... geralmente são os terreiros de nação, onde esses atabaques são consagrados aos Orixás.

Pelo fato da mulher ter seu período de menstruação, são impedidas até de frequentar as giras...

Mas o fato é que cada casa tem as suas regras....cria seus fundamentos...

AXÈ !!!

Recomendo ler isso ..... http://www.umbandaeucurto.com/forum/?qa=65/mulher-tocando-atabaque
por (340 pontos)
editado por
0 votos
Olá Amanda...

Pelo jeito de você se expressar parece ser de nação..."tocar no couro"....

Na Umbanda quando se usa o atabaque é para dar ritmo ao ponto cantado... e qualquer um que seja bom de ritmo pode tocar.

Já no candomblé existem restrições, pois os atabaques são consagrados aos Orixás e por isso, em algumas casas, não se permite que mulheres toquem, devido ao fato da mulher ficar menstruada.

AXÉ !!!
por
541 perguntas
1,155 respostas
4,533 comentários
3,163 usuários