0 votos
"Ciência (do latim scientia, traduzido por "conhecimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prática sistemáticos. Em sentido estrito, ciência refere-se ao sistema de adquirir conhecimento baseado no método científico bem como ao corpo organizado de conhecimento conseguido através de tais pesquisas."

Fiz essa pergunta motivado pelo meu entendimento sobre as 7 cores que simbolizam, as Sete Linhas de Umbanda..

"As cores do arco-íris surgem a partir de fenômenos físicos como refração, dispersão e reflexão que ocorrem quando a luz do sol penetra as gotas de água presentes na atmosfera. Esse processo causa a decomposição da luz solar branca se decompõe em outras cores do espectro visível."

Nesse aspecto eu questiono se a luz do SOL é branca....

"A luz solar não é amarela nem vermelha, é branca. O branco resulta da soma das sete cores do arco-íris – o violeta, o azul, o anil, o verde, o amarelo, o laranja e o vermelho. Nós enxergamos o Sol com tonalidades diferentes, ao longo de um dia, porque a atmosfera filtra os seus raios, separando as cores."

Lendo tudo isso eu entendo a atribuição que é dada as Cores em relação a
determinados Orixás.... sendo a cor BRANCA a cor de OXALÁ...

Para mim isso é a Umbanda !....

AXÉ manos !
por (368 pontos)

3 Respostas

0 votos
Salve Laercio! olha noiz de novo aqui hahaha
tem que me add no whats!

Em resposta a sua pergunta, eu diria sim e não. É uma imparcialidade e isso de certa forma não responde a pergunta, mas justificando minha resposta acho que ficará a ideia de que na verdade estou respondendo tanto para quem concorda quanto para quem não concorda com a afirmativa...

Sim, ela pode ser considerada uma ciência partindo do pressuposto de que a Umbanda é sistematizada nos seus fundamentos-base. Ela também pode ser experimentada através do método científico do médium, pois esse é o próprio estudioso dos fenômenos e ao mesmo tempo a cobaia deles para a experimentação. É o médium quem estuda teoricamente as manifestações e energias e também o que sente as manifestações de maneira direta, não necessariamente nessa ordem. Eu diria que ele é o objeto de estudo e ao mesmo tempo o pesquisador do estudo.

E não; porque o método científico tradicional se utiliza da experimentação e da comprovação física, palpável, mensurável dos fatos estudados e não há ainda maneira de se provar através desse método a mediunidade, a espiritualidade, a manifestação de outra consciência, ou seja, a ciência ainda não tem ferramentas suficientes para comprovar a sutileza do espiritual e justamente por isso ela o renega.

Um adendo para não ser mal interpretado é que a Umbanda é ciência ou não dependendo da interpretação de quem o responde. Nós médiuns e experimentadores diretos das manifestações somos a maior prova da sua existência em todos os sentidos, porém ao cientista que teoriza, quantifica e mensura algo que ainda não é mensurável, ele vai renegar totalmente a Umbanda enquanto ciência se for pegar o que tradicionalmente se entende por ciência.

Interessantíssimo a questão que você coloca sobre as cores. O branco é o absoluto e quando se desdobra ou se fragmenta, ele se torna outras cores. Poderíamos dizer que só o branco é o que reina? Não, pois o branco existe a partir da fusão das outras cores.
O preto é a cor mais escura, sendo o resultado da falta parcial ou completa da luz, ele é o exato oposto do branco, porém ele também é uma cor. A luz em si não tem cor, pois ela é o todo. O preto é o vazio ou a ausência da luz, logo, associo a Exu, pois é o que está fora, por isso tronqueira é do lado de fora, por isso se saúda Exu primeiro, ele é o vazio de onde parte o resto, ele é o princípio.

Tirando a crença bem x mal, é possível entender que o vazio também é parte da criação e que boa ou mal é a intenção.

Não gosto quando usam o termo "magia branca" e "magia negra" pois para mim, magia não tem cor, tem intenção. Se querem classificar, usem o menos pejorativo possível: magia positiva e magia negativa.

Agora olha que interessante; Um dia assisti a uma palestra de um professor de medicina da USP, profº Sérgio, e nela ele cita um exemplo curioso e totalmente científico para mostrar que os materialistas que não acreditam em nada, são os mais crentes que existem.
A matéria não tem cor, isso é um fato. Quando vemos qualquer cor na matéria manifestada, na verdade aquilo é apenas a luz refletida no átomo da matéria e não a cor da matéria em si. Quer entender melhor? Apague todas as luzes. Você vê a cor de algo no escuro? na ausência da luz? mesmo assim a escrivaninha existe, você sente, pega nela, mas ela não tem cor, tem??

Agora algo mais maluco ainda: a escrivaninha não existe. Lembra do filme matrix, quando o menino diz para o Neo entortar a colher, pois ela não existe, realmente não existe...
A matéria é energia condensada, é energia "aglomerada digamos assim. Quando você encosta na escrivaninha, na verdade não está encostando nela, o que você está sentindo é o choque elétrico dos átomos da sua mão em conflito com os átomos da escrivaninha, você não encosta nela, pois os átomos se repelem e a sensação de encostar é só o choque dessa aproximação. Se você realmente encostasse nela, se o átomo do seu dedo tocasse no átomo dela, isso causaria uma fusão nuclear e o resultado seria desastroso... entende? A escrivaninha é um aglomerado de átomos condensados, nós somos um aglomerado de átomos condensados, o ar à nossa volta é um aglomerado de átomos, mas NÃO estão condensados. Quando bate um vento e sentimos, sentimos o choque dos átomos do ar se repelindo com os do nosso corpo.

Portanto: a matéria não se vê, pois ela não tem cor, a matéria não se sente, pois não podemos tocá-la sem causar uma fusão nuclear, se ser materialista é acreditar no que se vê e que se sente, mas é impossível REALMENTE ver e tocar a matéria; os materialistas são as pessoas mais crentes que existe!

Isso é física, é ciência, é comprovado, não é invenção.

Curioso, não?
por (690 pontos)
VOU APROVEITAR O EMBALO E PERGUNTAR - NA UMBANDA, QUAL O FUNDAMENTO QUE NOS FAZ ACENDER VELAS ?
0 votos
Olá FC...
Muito legal sua resposta....
Poderia marcar como melhor resposta..mas como escolher a melhor se só existe ela ...rsss
Mas uma coisa me chamou a atenção...
"O preto é a cor mais escura, sendo o resultado da falta parcial ou completa da luz, ele é o exato oposto do branco, porém ele também é uma cor. A luz em si não tem cor, pois ela é o todo. O preto é o vazio ou a ausência da luz, logo, associo a Exu, pois é o que está fora, por isso tronqueira é do lado de fora, por isso se saúda Exu primeiro, ele é o vazio de onde parte o resto, ele é o princípio."

Sobre isso andei procurando as teorias sobre a nossa existência... de onde viemos....

Depois de algumas consultas cheguei ao "entendimento" que viemos do NADA...

O NADA existe.... achei interessante isso e fiquei convencido da teoria...rsss

Abraços...

AXÉ mano !
por (368 pontos)
0 votos
Olá manos !!!....

VOCÊS SABEM O QUE É CIÊNCIA NOÉTICA ?

Pois bem.... encontrei uma definição que no meu entendimento se ajusta à Umbanda...

"Ciência noética
A ciência noética, que deriva do grego nous, que significa mente ou pensamento, está relacionada com a gnosiologia, o estudo ou teoria do pensamento ou do conhecimento.
É uma área que tenta explicar cientificamente assuntos subjetivos como milagres, fé, alma, etc.
A ciência noética busca a explicação científica para questões que envolvem fenômenos relacionados ao espírito, à mente e à consciência."...

O que vocês acham disso ?
por (368 pontos)
546 perguntas
1,164 respostas
4,539 comentários
3,385 usuários