0 votos
Tenho 14 anos e recentemente entrei para a religião junto de minha mãe, que está desde pequena. A pouco mais de um mês, por conta de problemas de família, minha mãe conseguiu por meio de uma amiga, que por meio de sua cunhada e o marido nos reunissem para uma espécie de consulta pois o problema era urgente. Eu fui com ela e em uma conversa com seu Zé Pilintra, ele me disse : "quando você fizer 15 luas eu vou rodar na sua cabeça". Não fiquei com medo nem nada mas admito ter ficado um pouco nervoso e desde então tenho tido alguns sonhos estranhos, no qual em um deles, uma pessoa me cantou um ponto e tive uma sensação esquisita parecida com uma queda de pressão só que muito forte. Farei 15 em menos de um mês e tenho medo de não saber como agir e, se algo venha de fato a acontecer,como saber se está de fato acontecendo. Peço a ajuda de alguém que possa me dar uma dica ou conselho. Obg.
por (60 pontos)
editado por

2 Respostas

0 votos
Melhor resposta
Olá André, ja tem tempo sua pergunta, como está sua caminhada?

o processo da incorporação geralmente começa inicialmente de forma intuitiva, ou seja, vc sentindo alguém te dizendo mentalmente quando parar de girar, quando abrir o olho, etc.
Geralmente é um processo muito confuso e não existe uma fórmula magica, muitas vezes cada corpo sente de maneira diferente...
O segundo processo é o efeito físico propriamente dito, onde você começa a se sentir mais a vontade e confiante no processo intuitivo e os bloqueios que você cria, assim como a afinidade com a entidade já avançam e melhoram. Ai você começa involuntariamente a parar de girar, abrir os olhos, caminhar etc. Mesmo assim esses processos ainda são confusos porque muitas vezes a energia vai e vem, as vezes parece que quando "o negócio ta indo" a entidade te larga ali no meio da gira e some, e vc fica sem saber o que fazer...

Incorporar é uma questão de afinidade. É como criar uma amizade com o guia, assim como vc criaria amizade com uma pessoa de fora. Você não chega abraçando e falando toda sua vida para quem não conhece né? Você primeiro observa, se aproxima aos poucos, vai trocando ideias, se afinando, até começar a sentir confiança e a amizade ir se firmando cada vez mais. O processo com o guia espiritual seria "parecido"
por (794 pontos)
selecionada por
0 votos
Olá irmão,

O desenvolvimento da mediunidade na adolescência requer atenção e cuidados.

Segue um texto sobre o tema: https://umbandaeucurto.com/mediunidade-na-adolescencia/

Caso queira se aprofundar, veja: https://ebook.umbandaeucurto.com.br/medium/

Axé!
por (608 pontos)
583 perguntas
1,232 respostas
4,590 comentários
35,684 usuários